IoT – Internet das Coisas – Você está por dentro?

Que a nossa vida mudou com a conexão sem fio nós já sabemos, mas isso é muito pouco se pensarmos nas infinitas possibilidades que o wireless pode proporcionar. Começamos e terminamos nossos dias usando dispositivos muito além de um smartphone. Com a chegada do 5G, em pouco tempo a tecnologia estará em todos os lugares, em todas as coisas. Ficaremos ainda mais conectados e o mercado de trabalho para IoT vai crescer exponencialmente.


Essas aí estão com os dias contados! 🙂

Quantos de nós vamos tomar café depois de pedir para a Alexa dar um resumo das notícias que acontecem mundo afora? E nossos passos, exercícios diários, lembretes de hidratação e medicação? Há alguns anos isso era algo impensável e agora se tornou algo imprescindível em nossas vidas, concordem ou não com isso!

IoT, Internet das Coisas, coisas mesmo, lâmpadas, semáforos, cancelas de estacionamentos, ônibus, elevadores e muito mais. Todos podendo ser operados e monitorados da tela de um smartphone. A turma da Geração X já está com certa dificuldade de entender que é possível atender um interfone e abrir a porta não importa onde estejam!

Puxa vida! Esqueci o ar condicionado ligado! Calma! Não precisa voltar correndo para casa, desliga ele do seu negocin(sou mineira uai?) chamado telefone (telefone?). Nossos “telefones”, com a chegada do 5G vão navegar em velocidades incríveis e nossas casas poderão ser controladas com extrema rapidez e segurança. Citei casa, pode pensar em qualquer coisa! O 5G é agora, já chegou!

Se pararmos para pensar, o IoT é um conceito simples para vocês do mundo Tech. São objetos das mais variadas utilidades usando a infra-estrutura das redes de celulares para transmitirem dados.

IoT é o conceito que conecta objetos físicos à Internet por meio de redes celulares para transmissão de dados, simplesmente aproveitando a mesma infraestrutura dos telefones celulares. São hardwares acoplados “às coisas”, que possuem o mesmo slot SIM dos smartphones, e esses hardwares possuem softwares proprietários que enviam e recebem informações e comandos remotamente.

É um mercado crescendo incríveis 40% ao ano, e segundo estimativas da FGV (Fundação Getúlio Vargas) o setor deve representar um mercado de 11 trilhões de dólares até 2025. Você aí da Área Tech, quer mergulhar neste oceano de oportunidades? Se sim, bora começar a pensar na IoT para ontem.

Essas aí já estão devidamente monitoradas né?

Vamos pensar em alguns benefícios que IoT pode proporcionar:

São inúmeros os benefícios que a IoT pode trazer e vou ousar em citar quatro. Se quiser me ajudar com mais algum, será muito bem vindo!

Vamos lá:

1 – Começando pela segurança

Conectar tantas coisas, a tantas redes móveis e transmitir muitas vezes dados confidenciais, vai exigir protocolos de segurança robustos. Felizmente já possuímos e provavelmente os dispositivos e softwares IoT vão usar muito do que já conhecemos, como redes privadas, VPNs, protocolos IPsec, etc. 

Logo a preocupação que já existe com segurança nos dispositivos atuais, será muito parecida com a que será implantada nas “coisas” conectadas que irão existir.

2 – O monitoramento como nunca antes visto

A rede elétrica da área rural não será mais a mesma. Qualquer que seja a anomalia que esteja acontecendo, ela será detectada com detalhes, e provavelmente não será necessária a ida de um técnico para fazer o reparo. O seu sítio não vai ficar sem luz pois o smartphone alertou o técnico de plantão enquanto ele estava tomando café e dali mesmo ele solucionou o problema.

Quantas horas de trabalho técnico serão salvas com o monitoramento remoto. Puxa, mas isso sempre existiu! Claro que sim, mas daqui para frente isso vai crescer de forma exponencial, pois praticamente todo dispositivo poderá ser monitorado e reparado à distância.

3- Velocidade não será mais o problema

Não precisa de tanta velocidade? Não precisa obrigatoriamente usar redes 5G para seu monitoramento. Se um 4G ou 3G atende a demanda, excelente! Se ao contrário, a aplicação demanda baixa latência e grandes volumes de dados, a revolução do 5G chegará para solucionar o problema.

4 – Área de cobertura

A IoT vai aproveitar a ampla cobertura que as redes de celular já possuem. Onde houver sinal, um dispositivo poderá trocar informações com os softwares e servidores de controle. Quando digo dispositivo, ele pode ser um caminhão de uma empresa de transporte, enviando, em movimento, diversos dados de controle, muito além de sua localização geográfica. Pense você mesmo em um exemplo de um dispositivo (ou coisa?) e na sua localização geográfica! Achou uma solução no mundo da IoT?

Alexa! O que achou deste texto?

Um mercado que não pára de crescer?

M2P e M2M, máquina-à-pessoa e máquina-à-máquina, termos que vão fazer parte do cotidiano dos profissionais Tech. A escala de crescimento destes dois termos não nos deixa dúvidas das grandes oportunidades a aqueles que abraçam este mercado.

Sem a necessidade de grande investimento em estruturas físicas para transmissão de dados, com grande cobertura, com o maior tempo de vida útil das baterias, com o 5G com seus enormes volumes de dados, o desafio será criar componentes de hardware de software e para isso, profissionais Tech serão essenciais para esse trabalho. Já está faltando profissionais Tech atualmente? Imagine em alguns anos onde o consumo de energia das casas será monitorado em detalhes por seus moradores? Citei um simples exemplo, pois o software estará em todos os lugares, em todas as coisas, inclusive dentro de nós!

O futuro do IoT é agora. Essa incrível combinação de conectividade das “coisas” com o crescimento da largura de banda em todo mundo, gera oportunidades de crescimento a pessoas e empresas. Quantas propostas de valor poderão ser criadas com a IoT? Já pensou na sua? 


Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com