Info+News+Tech

Não sei se estou particularmente orgulhoso dessa conquista, ou se chamar isso de “conquista” é o nome apropriado. Afinal, homens como Jeff Bezos e Elon Musk são programadores que transformaram suas habilidades em BILHÕES. Bill Gates e Mark Zuckerberg são outros exemplos de como deveriam ser as contas bancárias de programadores antigos.

É claro que cometi alguns erros que me custaram muito dinheiro ao longo dos anos. Não tenho orgulho de ser estúpido ou mal orientado. Por outro lado, faço consultoria em gestão de carreira, especializado na área de tecnologia. Portanto, sinto-me um pouco na obrigação de compartilhar essas histórias.

Em primeiro lugar, é bom buscar conselhos e levá-los em conta. No entanto, você tem que ser aquele que toma as decisões. Sempre entenda isso. SEMPRE abrace isso. VOCÊ toma as decisões sobre como conduzir sua carreira.

Assegurando-se de ACEITAR isso e de possuir o fato de VOCÊ tomar suas PRÓPRIAS decisões, será mais fácil lidar com os arrependimentos. Você está prestes a ler algumas histórias de uma pessoa que cometeu alguns erros. Vivo com esses erros porque nunca deixei de tomar decisões.

Por exemplo, eu estava em uma grande empresa onde tinha o trabalho de desenvolvedor. No entanto, eu era jovem e arrogante. Eu trabalhava muito mais do que meus colegas porque havia me tornado muito bom no que fazia. Eu queria ser pago por ser mais produtivo, mas as estruturas salariais das empresas nem sempre são como a gente gostaria. Eu estava engessado e frustrado e desisti repentinamente de seguir ali.

Fiquei bastante frustrado com a burocracia. Acabei sacando o que tinha no plano de participação nos lucros da empresa, antes de ter direito de propriedade nela. Não retive NENHUMA participação na empresa em que passei sete anos. Um ano depois, a empresa foi vendida por milhões. Os $ 10.000,00 que saquei teriam valido $ 250.000,00 se eu tivesse esperado meros 365 dias!

Isso foi há trinta anos. Tento não imaginar o quanto um quarto de milhão de dólares valeria para mim trinta anos depois. Lido com o arrependimento porque SOU CAPAZ de aceitar o fato de ter tido um acesso de raiva e sair de um bom emprego que me renderia muitos milhares de dólares no futuro. Burro? Sim, mas ninguém me disse para fazer isso. EU TOMEI A DECISÃO E FIZ ISSO.

A experiência adquirida me ajudou muito no meu emprego seguinte. Aprendi mais sobre manter minhas emoções sob controle. Passei a ser gerente geral de uma pequena empresa de software médico em quatro anos. Quando o proprietário vendeu a empresa, os compradores não precisaram de dois gerentes gerais. Então eu segui em frente.

Saí com tanto conhecimento que abri uma pequena consultoria. Recebi a certificação para enviar reivindicações eletrônicas ao Medicare e Blue Shield. Além disso, eu poderia trabalhar com qualquer outra seguradora por meio de uma API. Minha meta era ganhar dinheiro porque as seguradoras pagavam por sinistros entregues eletronicamente.

Eu tinha visto bons produtos não chegarem a lugar nenhum sem vendedores para fazer seus “shows”. E eu sabia que não era bom com pessoas ou shows. Meu sogro, porém, vendia seguro saúde. Fizemos um acordo. Me mudei para o sul da Califórnia para ficar mais perto e impulsionar o negócio.

Infelizmente, antes que de fato o negócio pudesse acontecer, ele morreu. Foi uma época terrível. A situação financeira da minha sogra não era boa. Eu tinha uma esposa e um filho pequeno e agora uma sogra cuja situação financeira era precária. Eu não tinha planejado ficar no sul da Califórnia, mas decidi que deveria ficar por um tempo. Um pouco se transformou em muito tempo.

Foi uma oportunidade realmente perdida, admito, mas senti que o melhor para minha família na época era ganhar dinheiro o mais rápido possível e abrir um novo negócio não permite isso. Na verdade, não sinto muito arrependimento por isto, embora representasse uma oportunidade real de ser um milionário.

Eu acredito que depois de algum tempo, eu deixaria a empresa que criei para poder passar mais tempo com meus filhos. Resultado disso é que em meu novo emprego, eu acabei por negociar um horário que permitisse eu levar meus filhos para a escola uma vez por semana. Passei a trabalhar 4x na semana por 10 horas. Assim, ainda pude dirigir um clube de xadrez em uma escola primária e treinei muitos times de futebol, graças ao horário de trabalho que negociei. Eu queria passar um tempo com a família. Eu queria treinar os times de futebol dos meus filhos. Decidi o que queria e não era mais dinheiro.

Tenho mais um pequeno arrependimento que devo compartilhar. Em 2011, comecei a pesquisar moedas digitais porque meus filhos me falaram sobre ecossistemas de videogame. Comecei a perceber que produtos digitais podem ser commodities. Então me deparei com o Bitcoin enquanto pesquisava outras mercadorias digitais.

Estava custando cerca de um dólar! Comecei a comprar alguns. Eu literalmente inseri tudo em uma tela de checkout, mas não cliquei em CONFIRMAR PEDIDO para ser cobrado em meu cartão de crédito. Naquele momento, veio o CTO da empresa em que eu trabalhava e perguntou o status de um projeto. Ops! Saí dessa guia do navegador bem rápido. lol

Mostrei a ele a que pé estava o andamento do projeto e ele foi embora satisfeito. No entanto, a “sessão de verificação” expirou. Eu teria que passar por todos os obstáculos novamente para chegar ao ponto em que estava prestes a comprar 100 bitcoins. Neste momento eu disse a mim mesmo, “este é um sinal para economizar $ 100,00”. Durante 3 anos não pesquisei mais nada sobre Bitcoins.

Eu me arrependo dessa escolha? Sim, acho que sim, mas era EU. Eu poderia ter escolhido de forma diferente. Eu poderia ter escolhido navegar em moedas digitais no meu computador de casa e não no horário da empresa, mas não fiz isso. Eu fiz o que fiz e decidi o que fazer dali em diante. EU DECIDI. Eu era o tomador de decisão.

Depois, eu também decidi ficar de olho no Bitcoin. Comecei a me envolver com as criptomoedas em 2014.

Trabalhar na área de tecnologia oferece boas oportunidades de ganhar dinheiro. Oportunidades para ganhar MUITO dinheiro também surgirão ao longo dos anos da sua carreira em tecnologia, posso te garantir. Porém, raramente isto será possível sem muitas horas de trabalho e sacrifício. Todos querem ganhar muito dinheiro, mas isto não é a única coisa na vida. As carreiras técnicas também oferecem a possibilidade de vidas profissionais menos estressantes e mais liberdade individual. Precisamos equilibrar essas coisas.

Tive a sorte de conhecer um oncologista em uma festa enquanto era gerente geral da empresa de software médico. Eu viva reclamando da política e das pressões que sofremos quando trabalhamos em determinadas empresas. Já ele tinha o árduo trabalho de dizer às pessoas que provavelmente elas morreriam em determinado tempo. Certa vez, ele me disse algo que influenciou quase todas as decisões que tomei na vida:

“Meus pacientes nunca choram por acharem que não trabalharam o suficiente.”

Reflita!

Deixe um comentário

Info.CEVIU